Coração parahybano

10 11 2009
com_livro01

Ontem, segunda-feira, passei a tarde ocupada com um evento virtual: o lançamento, pela Internet, do meu livro “Coração parahybano: crônica, literatura e memória”, que foi editado pela Linha Dágua em 2008 e lançado em 5 de setembro do mesmo ano na Fundação Casa de José Américo. Sem coquetel e sem autógrafos (que sempre acho um terror, autografar livros para aquela fila de gente!) passei a tarde twittando, mandando e-mails, torpedos no MSN e o mais que fosse, fazendo uma agitação danada e até meia-noite de ontem cerca de 130 pessoas já haviam baixado o arquivo com o livro.

Pois é, minha gente. As coisas têm mudado muito ultimamente com os recursos da Internet, e todas as atividades humanas precisam se adequar a isso. O pessoal de música já sabe que é inútil lutar contra o download de discos, e já começa a colocar o trabalho disponível para ser baixado gratuitamente ou cobrando pequena remuneração.

capa_divulgação

No mercado de livros, apesar da resistência, começa a acontecer a mesma coisa. Há milhares de títulos já disponíveis na Internet, circulando em listas de discussão para uso gratuito, permitido ou não por editoras e autores. É impossível proibir essa troca espontânea de livros, porque é um movimento mundial e que não tem retorno.

Então, o que fazer? Juntar-se a esse movimento! E foi o que eu fiz, colocando meu livro disponível para download gratuito, no link http://www.clotildetavares.com.br/cp. É só clicar, baixar e ler. E o editor? – pergunta você, meu preclaro e cuidadoso leitor. O editor, Heitor Cabral, da Linha Dágua, está de acordo. Consegui convencê-lo de que a disponibilização gratuita do livro vai aumentar as vendas do mesmo no site da editora. Isso ocorre porque muita gente usa o download apenas para folhear o livro, do jeito que se faz numa livraria com um livro de papel. Olha, lê uma página aqui, outra ali, e resolve comprar. Nas quatro primeiras horas em que disponibilizei o link, cento e dez pessoas já haviam baixado e pelo menos três enviaram e-mails querendo comprar o livro de papel.

imagem 618_pq

Eu mesma tenho cerca de 400 livros no meu computador. Tudo livro bom, desde clássicos da literatura até livros que foram lançados neste ano de 2009. Alguns deles eu li na telinha, depois fui na livraria e comprei, para ter, porque sou doida por livro e gosto de olhar para eles nas estantes.

Só para encerrar, o “Coração Parahybano” tem 60 crônicas escolhidas entre as que publico toda quarta-feira no jornal A União, que circula na capital da Paraíba. A seleção dos textos teve como temática principal a história da Paraíba, minhas memórias da infância passada em Campina Grande e comentários sobre livros e autores paraibanos. São 132 páginas, com 60 textos.

Então: baixe. É de graça, não custa nada. Divulgue o link entre a sua lista de contatos. Repasse pra Deus e o mundo. Se você é blogueiro, divulgue no seu blog. E se tem twitter, retuíte para seus followers, com esse link menorzinho: http://migre.me/aFn8. Ao contrário do que muitos pensam, quanto mais gente baixar de graça, mais gente vai comprar o livro de papel como já está acontecendo. Desse jeito, editor e autora vão ficar muito satisfeitos. Conto com você.


Ações

Information

7 responses

10 11 2009
Tweets that mention Coração parahybano « Umas & Outras -- Topsy.com

[…] This post was mentioned on Twitter by ::: la mondo :::, Clotilde Tavares. Clotilde Tavares said: Por que colocar livro p/download gratuito aumenta vendas do mesmo livro em papel? http://tinyurl.com/yag9cw4 […]

10 11 2009
Rose Legrady (NY/USA)

EU vou baixar!
Parabens pelo livro, ainda nao li, mas nao tenho duvidas que e’ lindo, depois comento com voce sobre.
beijos e obrigada

13 11 2009
Manoel Amaral

Baixei o livro. Comecei a ler. Estou gostando.

Manoel

13 11 2009
uberVU - social comments

Social comments and analytics for this post…

This post was mentioned on Twitter by ClotildeTavares: No #blogumaseoutras explico pq colocar livro p/download gratuito aumenta as vendas do livro de papel. http://tinyurl.com/yag9cw4

13 11 2009
Gustavo Wagner

Parabéns pela iniciativa. Faço exatamente como você falou: olho algumas páginas no digital e, gostando, com certeza coloco em minha estante. O alcance das informações na Net é incrível. Espero que vocês colham os frutos em breve. Parabéns mais uma vez, e espero que esse modelo sirva de exemplo.🙂

16 11 2009
Maluquices de escritores famosos « Umas & Outras

[…] “escrever”. Isso porque depois que fiz o “lançamento virtual” do meu livro Coração Parahybano, algumas pessoas me enviaram e-mails com perguntas variadas sobre o ato de escrever ou pedindo que […]

26 11 2009
Gosto não se discute « Umas & Outras

[…] pessoas já baixaram até agora o meu livro Coração Parahybano. E você? Dê-me o prazer da sua leitura! é de graça! É só clicar […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: